Postagem em destaque

saiba

VE

3536-3414 O Empréstimo Prefeitura SP

HSBC e Schahin destinam R$ 3 bi para servidores


O HSBC Bank Brasil e a financeira Cifra, do Banco Schahin, fizeram um acordo para destinar R$ 3 bilhões em operações de crédito consignado com desconto em folha à funcionários públicos e aposentados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

A Cifra entrará com toda a estrutura operacional, que envolve mais de 4 mil correspondentes bancários, e o HSBC com os recursos necessários para atender à demanda de crédito à pessoa física. O HSBC assumiu o compromisso de comprar R$ 50 milhões de crédito consignado por mês, durante um período de cinco anos, totalizando R$ 3 bilhões.

As receitas, as despesas com encargos financeiros e os lucros finais desta operação bancária de crédito consignado, serão divididos em partes iguais entre o HSBC e o Banco Schahin. O HSBC espera, com este tipo de operação, reforçar ainda mais sua estratégia de ampliar suas operações no varejo, aproveitando sua estrutura operacional de mais de 920 agências e pontos de atendimentos em todo o País. Embora as operações de crédito sejam de responsabilidade da Cifra, poderão ser feitas através da estrutura do HSBC, em algumas regiões do País.

"Acreditamos que essa é uma área de crédito que irá se expandir. A parceria visa aliar a experiência e a competência do Banco Schahin à força financeira e à capacidade de distribuição de outros produtos do HSBC", informou o presidente executivo do HSBC Bank Brasil, Emilson Alonso.

O presidente do Banco Schahin, Sandro Tordin, disse que com a operação irá ampliar a carteira e o volume de recursos que vem destinando a este segmento de crédito. A Cifra, braço de varejo do banco, possui uma carteira de R$ 170 milhões em crédito consignado. A financeira possui ativos de R$ 1 bilhão e o patrimônio líquido da financeira é de R$ 150 milhões. "É um segmento de crédito com baixo risco de inadimplência", disse Tordin.

As operações que serão feitas, especialmente com um universo de 22 milhões de aposentados dos INSS, apresentam um risco de crédito baixo para as instituições financeiras, devido às garantias de desconto em folha dos empréstimos concedidos. "É um tipo de crédito que dá para operar com taxas de juros baixas", disse Alonso. A Cifra deverá conceder recursos, através deste acordo com o HSBC, a taxas de juros de 1,7% ao mês, em operações de empréstimos que podem levar até 48 meses.
consignatárias ...,BANRISUL,BGN,BMG,BONSUCESSO,BRADESCO,BANCO DO BRASIL,BB,CEF,BMC, CAIXA ECONOMICA FEDERAL,DAYCOVAL,BICBANCO,INTERMEDIUM, ITAU,UNIBANCO,ITAU,PANAMERICANO,PARANÁ BANCO,SAFRA,SANTANDER consignado
São Paulo --Segundo as novas regras, a partir deste mês aposentados e pensionistas da Previdência IPREM São Paulo podem voltar a comprometer com 3(três) contratos de crédito consignado (descontado em folha de pagamento). Anteriormente, o comprometimento só poderia alcançar até 9 (9) contratos de empréstimo. O Luiz Carlos Vicente, tem hoje muitos clientes aposentados e pensionistas Iprem e servidores da prefeitura de São Paulo, número que cresceu expressivamente deste criação do crédito consignado e que tende a crescer mais ainda, avalia.
Prefeitura de São Paulo,1