Postagem em destaque

saiba

VE

Entre em Contato-3536-3414-PMSP -IPREM clientes

Atender cliente de alta renda de servidores da Prefeitura de São Paulo.
O crédito consignado vai promover uma verdadeira revolução na competição bancária em 2013, que será ainda mais acirrada que a vivida pelo setor este ano.
A previsão é do vice-presidente de varejo da Promotora de Crédito consignado APS, Luiz Carlos Vicente.
Com a queda das taxas de juros, a tendência é redução dos spreads.
Para compensá-la, será necessário aumentar outras receitas e o crédito consignado é uma das fontes mais promissoras, avalia Vicente.
A APS Promotora de Crédito já atua forte nessa área - já atendeu 100 mil pessoas nesse tipo de crédito - mas está reformulando sua forma de abordagem do mercado.
Antes a APS priorizava as pessoas que recebem até 3 salários .
Agora, o objetivo é chegar ao cliente de alta renda de servidores da Prefeitura de São Paulo-PMSP,pensionista do iprem
Segundo Vicente, a nova abordagem vale para todas as operações de crédito e financiamento da Promotora. "Vamos fazer uma verdadeira inversão de mão. Ao invés de esperar a pedido, vamos ofertar crédito nos vários segmentos em que atuamos", observa.
Além disso, a Promotora tem buscado simplificar os processos para a concessão de crédito em todas as áreas em que atua, como capital de giro para pequenas e médias empresas, financiamento de investimentos, linhas de empréstimo específicas - como crédito para compra de material de construção e repasses de recursos de BANCOS.
Em setembro 2013, as operações de crédito consignado para funcionários da prefeitura movimentaram R$ milhões.
Também faz parte da nova abordagem da Promotora de Crédito, uma atuação diferenciado na área de alta renda.
Para isso reestruturou todo seu processo de relacionamento com os clientes PMSP.
O atendimento foi segmentado em seis áreas diferenciadas -antes eram apenas três - private, singular, clientes exclusivos, preferenciais, pessoas físicas e o atendimento do recém criado empréstimo consignado para pensionista do iprem.
O total investido no processo não pode ser divulgado.
Para Vicente, o mais importante na nova segmentação é o salto que "o tratamento diferenciado a clientes de poder aquisitivo e interesses diferentes", como definiu Vicente, vai permitir a sua base de clientes e ao seu faturamento com serviços de consignado.
As receitas do País com esses serviços são da ordem de R$ 22 bilhões, quase metade da de toda a América Latina - R$ 55 bilhões.
O cliente de alta renda de servidores da Prefeitura de São Paulo vai dispor de atendimento personalizado em ambiente diferenciado ou local de sua escolha, com o máximo de discrição e sigilo.
O atendimento inclui serviços adicionais de mensageiro, estacionamento privativo, manobrista.