quarta-feira, 12 de março de 2014

EMPRÉSTIMO+PMSP+.BGN

È BENEFÍCO O CRÉDITO CONSIGNADO BANCO BGN
Banco Matriz aposta no crédito para aposentados
A rede do Banco Matriz anunciou que vai abrir a partir da próxima segunda-feira uma linha de crédito para aposentados e pensionistas listados em seus cadastros, num total de 800 mil pessoas em 200 agências nos Estados de Pernambuco e Bahia. O banco disponibilizará empréstimos com taxas que variam de 1,75% até 3,9% ao mês. Os financiamentos vão de R$ 400 a R$ 15 mil e podem ser pagos entre seis e 36 meses.
De acordo com analistas da instituição que tem foco em serviços para quitação de contas de energia, água, impostos e boletos de cobrança via bancária, esse novo tipo de empréstimo já injetou no mercado - de maio a dezembro do ano passado - R$ 2,2 bilhões. As estimativas têm como fonte a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev).
>O gerente de marketing do Banco Matriz, Darrel Marinho, observa que esse nicho vem crescendo substancialmente em todo o Brasil e que grandes instituições financeiras vêm direcionando seus esforços para conquistar os aposentados e pensionistas. "No nosso caso, esse movimento foi natural já que esse público representa uma parcela significativa na nossa base", reforça.
Segundo pesquisa realizada pela Dataprev, os inativos que recebem até um salário mínimo (R$ 260) são responsáveis pelo maior volume de créditos concedidos, 35,8 % . Já os segurados que recebem entre um e dois salários mínimos (de R$ 260 até R$ 520) aparecem em seguida com 16,44%. O programa de empréstimo começou há oito meses e já atendeu a 778 mil aposentados em todo o País. Outras 26 instituições financeiras já operam com essa linha de crédito, entre elas os bancos Itaú, Caixa Econômica Federal, Unibanco e BGN.
Estima-se que no Brasil o número de inativos favorecidos por essa linha de crédito represente apenas 4,2% de um mercado potencial formado por 18,5 milhões de pensionistas, " o que indica uma concreta possibilidade de crescimento para essa operação", afirma Marinho. Ele aponta que a rede Matriz realiza cerca de 2,5 milhões de autenticações por mês nas 200 agências de Pernambuco e Bahia.
Movimentação
As filiais da correspondente bancária movimentam, por dia, cerca de R$ 15 milhões. Em Pernambuco, onde são realizadas 80% das autenticações da rede, o volume de recebimento equivale a 45% da arrecadação total com contas e carnês pagos no estado. O Banco Matriz existe desde 1999 e faz parte do Grupo Aveloz, conglomerado de empresas dirigido pela família Bandeira de Melo, com atuação nas áreas de agropecuária, construção civil e turismo.
Atualmente é gerido por um conselho diretor e emprega 320 pessoas diretamente e outras 400 de forma indireta. Somente em dezembro de 2004, o Banco Matriz apresentou um crescimento de 7% no número de autenticações em relação à média nos outros meses do ano. No período, cresceu nas operações em 5%, o que equivale a 125 mil autenticações de pagamentos recebidos em seus guichês a mais do que em 2003.
Baixo risco
O custo para a abertura da franquia é de R$ 17 mil. O diretor da consultoria pernambucana Tedim, economista Domingos Tedim, disse que a linha adotada no Brasil tem conseguido aprovação tanto por parte de quem contrai o empréstimo como pelos bancos, "por ser uma operação de menor risco, este tipo de negócio já era comercializado por bancos que concentraram suas atividades, no último ano, para atender servidores públicos", explicou.
Ele mostrou, conforme dados do Banco Central e Dataprev, que o total destas operações atingiu, no início de janeiro, o volume de R$ 2,7 bilhões com mais de 1 milhão de empréstimos. A Caixa Econômica e o BMG lideram o mercado de consignados totalizando R$ 1,3 bilhão com 480,9 mil empréstimos e R$ 1,1 bilhão com 412 operações respectivamente. Dados da Tedim Consulting, que disponibiliza projetos para integrar sistemas de convênio entre lojas e bancos, apontam que a maior parte desta fatia não chegou a funcionários da iniciativa privada.
Aposentados e pensionista passaram a ser o público alvo dessa linha desde agosto de 2004 com apoio do governo federal.
>Ele citou levantamentos segundo os quais a maior concentração de empréstimos está dirigida aos aposentados e pensionistas do INSS com renda variando a até um salário mínimo. A média de empréstimo para este segmento fica em torno de R$ 1,3 mil. Tedim destaca que começam a surgir simultaneamente acordos entre bancos, correspondentes e lojas de varejo para que os empréstimos passem a apoiar as vendas.
"Com a disseminação do empréstimo consignado, o usuário pode adquirir produtos por um prazo mais longo e a custos financeiros menores, o que permite menos comprometimento da renda familiar. O empréstimo consignado chegou para aliviar o poder aquisitivo da classe média ", conclui.
kicker: Outras 26 instituições financeiras já operam com essa linha de crédito
Gazeta Mercantil - 21/01/2005