Postagem em destaque

saiba

VE

O Itaú e o banco mineiro BMG fecharam parceria para a cessão de créditos da carteira de empréstimo consignado a pessoas físicas. O acordo prevê uma li
Autor: De São Paulo
Fonte: Valor Econômico, 10/12/2004, Finanças, p. C1

O Bradesco lançou, ontem, o CDC Bradesco Electron, produto que dá ao cliente acesso a um limite de crédito pré-aprovado para financiamento das compras com o cartão de débito Visa Electron. A curto prazo, o novo produto vai alavancar até R$ 4 bilhões em operações de crédito, o equivalente a 20% da carteira de crédito de pessoa física do banco, que estava em R$ 18,7 bilhões no final de setembro. Em um ano, em comparação com setembro de 2003, o crescimento foi de 26,3%, superior ao de 13,65 registrando pela carteira total, que passou de R$ 52,8 bilhões para R$ 60 bilhões no mesmo espaço de tempo.

O Bradesco já tem 2 milhões de clientes com limite de crédito pré-aprovado, com uma média de R$ 1 mil cada um, e prepara a concessão de limites para outros 2 milhões de correntistas.

A operacionalização do sistema é simples, disse o diretor do Departamento de Cartões do Bradesco, Marcelo Noronha. Ao fazer a compra em qualquer rede de varejo, o cliente do Bradesco com limite pré-aprovado e cartão Visa Electron pode solicitar ao vendedor uma simulação do financiamento pelo CDC Bradesco Electron, checando na hora a prestação conforme o prazo escolhido, dentro do limite de 24 meses. Ao fazer sua escolha, o cliente vai automaticamente utilizar o crédito, sem afetar o limite do cartão nem a conta corrente. A operação pode ser fechada em qualquer um dos 500 mil terminais (POS) da Visanet.

O sistema é semelhante ao BB Crediário, lançado pelo Banco do Brasil (BB) no início deste mês. O número de clientes beneficiados no BB é bem maior, 14,5 milhões; mas, como o limite de crédito é menor, o banco prevê alavancar R$ 2 bilhões em crédito.

A taxa de juros do CDC Bradesco Electron é variável, a partir de 2,1% ao mês até cerca de 5%. O valor mínimo da parcela é de R$ 20 e o cliente pode optar por uma carência de até 59 dias para o pagamento da primeira prestação.

O novo produto faz parte do programa de popularização de crédito do Bradesco, iniciado com a campanha Crédito Multiuso. O número de clientes com limite pré-aprovado deverá chegar a 4 milhões com uma carteira de R$ 4 bilhões, incluindo clientes do Banco Postal.

Além do CDC Bradesco Electron, o limite de crédito também poderá ser acionado por meio dos canais de auto-atendimento do banco, como Internet Banking, Fone Fácil (call center) e BDN (equipamentos de auto-atendimento).