terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Empréstimo Servidor de prefeitura SP-Iprem

Bradesco faz nova parceria de crédito
Autor: Márcia De Chiara
Fonte: O Estado de São Paulo, 15/02/2005, Economia, p. B5

Acordo com as Lojas Colombo, 3.ª varejista de móveis e eletroeletrônicos do País, é o 7.º do banco com redes varejistas e bancos menores O Bradesco, maior banco privado do País, fechou ontem parceria de crédito com as Lojas Colombo, a terceira maior rede varejista de móveis e eletroeletrônicos, com forte presença no Sul e presidida por Adelino Colombo. O acordo foi selado quase um mês após o banco ter se aliado ao Banco PanAmericano no crédito ao consumidor. É a sétima parceria do Bradesco com varejistas e bancos menores. Segundo o diretor financeiro da rede, Ricardo Müller, o formato do negócio envolve a criação de um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) no valor de R$ 200 milhões, que será administrado pelo Bradesco. Do total, 20% das cotas serão das Lojas Colombo e 80% vendidas no mercado com remuneração da taxa do Certificado de Depósito Interbancário, acrescida de 1% ao ano. O diretor executivo do Bradesco, Cristiano Belfort, diz que o banco garante a compra de 80% das cotas que serão lastreadas nos crediários a receber da rede varejista.

O negócio, costurado por cinco meses, vai dar fôlego à rede varejista para ter mais capital de giro nos financiamentos ao consumidor e recursos para expandir o número de lojas, diz Müller. Entre os planos traçados para este ano, está a abertura de 60 pontos de venda, especialmente no interior de São Paulo e Minas Gerais. "Mas a maior parte dos recursos será destinada ao financiamento ao consumidor", observa o executivo. Com 2 milhões de clientes ativos, as Lojas Colombo encerraram 2004 com uma carteira de crédito de R$ 550 milhões e receita de R$ 1,4 bilhão.

Para o Bradesco, a contrapartida do negócio é a abertura de correspondentes bancários nas 368 lojas da rede, localizadas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas. "Isso traz mais clientes para as lojas", prevê Müller.

Os 781 caixas da rede interligados com o Bradesco receberão títulos de terceiros, pagamento de contas, abertura de conta corrente, títulos de capitalização e propostas de cartão de crédito. Com isso, o banco amplia mais sua capilaridade no País e se aproxima do consumidor para oferecer crédito. "Vamos agregar produtos ao banco e ampliar a malha", diz Belfort.

O Bradesco tem mais de 3 mil agências e 11 mil pontos de venda.

Nenhum comentário: