Postagem em destaque

saiba

VE

Quer Vender consignado BB PMSP-Iprem?

Banco do Brasil e CEF socorrem bancos pequenos
Autor: Doca,Geralda ; Barbosa, Flávia
Fonte: O Globo, 08/10/2008, Economia, p. 27

Instruídas pelo governo, estatais compram carteiras de crédito de instituições com dificuldades de captação.

BRASÍLIA. Escalados pelo governo para ajudar o Banco Central (BC) a socorrer instituições financeiras pequenas - que estão com dificuldades de captar dinheiro no mercado interbancário devido ao agravamento da crise internacional -, o Banco do Brasil (BB) e a Caixa Econômica Federal informaram ontem ao GLOBO que já estão atuando para comprar carteiras de crédito desses bancos. O BB, inclusive, já tem negócios fechados na área do consignado. A Caixa, por sua vez, avalia propostas de dez instituições, que somam 20 carteiras distribuídas entre desconto em folha, empréstimos para empresas e financiamento de veículos. Poderá aplicar nesse tipo de transação até R$3,2 bilhões.

Além de interesses mercadológicos (há oferta de bons ativos a preços mais baixos), a ação das duas maiores instituições federais do país obedece a uma ordem direta do Executivo. O governo orientou BB e Caixa, ainda na semana passada, a "olharem com bons olhos" as propostas de bancos pequenos.

- Estamos atuando na compra de carteiras de crédito consignado e temos compras já concretizadas - afirmou o presidente do BB, Antonio Francisco de Lima Neto.

A estratégia também será adotada pela Caixa.

- A Caixa pode e vai comprar várias carteiras de pequenos e médios bancos - disse o vice-presidente de Finanças da instituição, Márcio Percival.

Na semana passada, o BC permitiu que bancos que comprarem carteiras de créditos de bancos com ativos de até R$2,5 bilhões abatam o gasto do recolhimento sobre depósitos a prazo em títulos federais. Ainda esta semana serão anunciadas operações da Caixa. A instituição dispõe imediatamente de R$800 milhões para os negócios, liberados com a mudança no compulsório, mas o valor pode ser quadruplicado, de acordo com as oportunidades que surgirem.

Para o vice-presidente da Caixa, além de ajudar os bancos menores, a compra das carteiras é uma estratégia para aumentar a rentabilidade da instituição. Bons tomadores de crédito que não estão conseguindo captar com outras instituições estão procurando os bancos oficiais, explicou.

- Não estamos fazendo caridade - afirmou Percival.

Como o BB e a Caixa já são credenciados pela Previdência Social para operar o crédito consignado aos aposentados e pensionistas do INSS, as novas aquisições não precisarão de autorização prévia.

Uma fonte da equipe econômica diz que a orientação aos bancos oficiais é complementar as medidas já tomadas. Além da compra das carteiras, os bancos oficiais avaliam que podem ocupar a lacuna da falta de crédito. A Caixa pretende emprestar mais R$11 bilhões para pessoas jurídicas no último trimestre do ano e garante que pode dobrar os financiamentos no período se houver demanda. Em 2009, a instituição apoiará ainda os exportadores, por intermédio da chamada Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC, em que as empresas antecipam receitas futuras), segmento hoje dominado pelo BB.

: