Postagem em destaque

saiba

VE

Título: Daycoval faz captação de US$ 120 milhões
Autor: Silva Júnior, Altamiro
Fonte: Valor Econômico, 24/10/2006, Finanças, p. C3

O Banco Daycoval encerrou ontem a captação de US$ 120 milhões em eurobônus. O dinheiro será usado para financiar as operações de crédito do banco, informou Morris Dayan, diretor executivo do Daycoval.

Os papéis foram comprados por investidores da Europa e dos Estados Unidos. Os europeus levaram 65% dos bônus. A demanda surpreendeu. O plano era lançar US$ 30 milhões. Mas a procura chegou a US$ 160 milhões (435% acima do valor inicial) e o banco decidiu aumentar a emissão.

A demanda maior também provocou queda nos prêmios. Os eurobônus saíram com cupom (juro nominal) de 7,75% e rendimento também de 7,75%. A proposta inicial era uma taxa de 8%. Os maiores comprados dos bônus (70% do total) foram clientes da área private de bancos. O restante ficou com investidores institucionais, como gestoras de recursos e tesourarias. "Os papéis brasileiros ainda pagam prêmios interessantes quando comparados a outros países", diz Luciana Goes, da área de distribuição do Banco Votorantim, a instituição líder da operação.

Além das taxas atrativas, a procura alta também é explicada pela estratégia de marketing do Daycoval no exterior. Segundo Dayan, o banco vem fazendo um trabalho porta a porta junto a investidores europeus e americanos, com visitas em cada instituição para mostrar o banco.

No mercado, já se comentava sobre a emissão do Daycoval desde maio. Na época, se falava que o líder era o Pactual. Naquele mês, porém, o mercado piorou com o temor do aumento dos juros nos Estados Unidos e o banco desistiu de lançar os papéis por não concordar com os altos prêmios exigidos pelos investidores.

Esta é a segunda emissão de eurobônus do Daycoval. A primeiro foi feita no ano passado, também pelo Votorantim. O banco pretendia emitir US$ 30 milhões, mas acabou lançando US$ 65 milhões em bônus de dois anos. Os bônus emitidos agora são de três anos. As emissões fazem parte de um programa que prevê o lançamento no exterior de até US$ 300 milhões.

O Daycoval é focado em crédito para médias empresas, veículos e com desconto em folha. A carteira total cresceu 30% este ano e chegou a R$ 1,45 bilhão. Deste total, 80% foi emprestado para empresas. Recentemente, o banco lançou um fundo de recebível, com o qual captou R$ 165 milhões.

: